SEXTA-FEIRA 6

O workshop fornece ferramentas para compreender e melhorar a qualidade dos solos de cultivo exterior. Serão proporcionados conhecimentos básicos para a elaboração de substratos e os participantes participarão de uma atividade prática para melhorar um tipo de solo típico da costa uruguaia.

A Cooperativa de trabalho CannaCoop é um projeto criado por trabalhadores da indústria da cannabis e ativistas com anos de experiência em diferentes âmbitos da lei 19.172 e suas regulações posteriores, e com ampla trajetória reconhecida a nível internacional. Fundada com o espírito de trabalho cooperativo e apadrinhada por atores que dedicaram grande parte de suas vidas à cannabis.

 

Gastón Durana – Argentina

O workshop vai tratar de temas como a conservação e esterilização de sementes, o local de colheita, introdução sobre a importância de medir o PH, EC e temperatura, utilização de medidores e quais são as vantagens e consequências da temperatura e da umidade. Participantes vão ver plantas em estado vegetativo, suas carências, excessos e bloqueios. Também conhecerão as principais pragas e soluções através da utilização de compostos orgânicos. Serão apresentadas plantas em estado de florescimento, sua alimentação com minerais e orgânicos, o ponto de maturação e o processo de osmose (lavagem do solo, não de raízes). Finalmente, conhecerão as etapas de cuidado, corte, secagem e armazenamento.

Sebastian Ponce – Stoned Grow Shop

Oportunidade para conhecer e trocar experiências sobre as rotas que percorrem as iniciativas associadas à cannabis, desde o cultivo até a obtenção de uma autorização.

 

Fernanda Rebella Caporale. Membro de Área de Projetos do Instituto de Regulação e Controle da Cannabis (IRCCA)

A empresa B.A.C. (sigla de Coquetel Biológico Ativado em inglês) é uma empresa de origem holandesa presente no mercado há mais de 15 anos. Ganhou numerosos prêmios nas férias cannábicas mais importantes do mundo e apresenta uma proposta de cultivo orgânico, vegano e altamente concentrado.

Nesse workshop você poderá conhecer sua linha de fertilizantes e bioestimulantes orgânicos, e sua correta aplicação. Também poderá obter informação sobre os aspectos mais importantes do uso da água (tanto de torneira, como mineral de garrafa e de filtro de osmose) e do PH, como administrá-los quando se trabalha com microorganismos e como influenciam o cultivo.

Adolfo Herrera “AFRO” BAC / CHILE

O FICC, Festival Internacional de Cinema Canábico, será o primeiro Festival de Cinema sobre a temática canábica no Rio da Prata. Acreditamos que o audiovisual é uma ferramenta poderosa de transformação social, geradora de consciência, reflexão e comportamentos.

Realizamos uma investigação sobre o tema da proibição das drogas em geral e da cannabis em particular e estamos convencidos de que um dos maiores problemas é a falta de informação, regulação e comunicação.

Nossa intenção é oferecer informação através do cinema como disparador para debater, derrubar tabúes, normalizar a regulação desde seus aspectos medicinal, recreativo, industrial, cultural, educativo e social, sem promover o consumo.

 

Equipo: Malena Bystrowicz, Alejo Araujo, Victor Burgos y Matías Gonzalo Porley Silva

SÁBADO 7

Introdução sobre o uso do cânhamo como material de construção. Preparação de hempcreto e exemplos de uso prático em uma parede. Os participantes poderão experimentar com o material, criando e colocando a mistura em moldes que simulam paredes.

Ing. Víctor Viceconti – Argentina

O workshop proporcionará conhecimento e ferramentas para a obtenção de extrações e repassará os principais métodos. Abarca informação desde a escolha da variedade e seu espaço de cultivo até a etapa de extração e diferentes técnicas. Revisará de maneira geral as etapas do cultivo e dará dicas para a poda com foco em aumentar a produção. A apresentação terá foco na obtenção de altas produções para a realização de extrações com objetivos lúdicos e medicinais.

 

Fede BSF SEEDS – BSF School

Nesse espaço vamos visibilizar a situação das mulheres e as drogas, como nos relacionamos com elas e como elas se relacionam conosco, nossas vidas e nossos entornos. Você sabia que as mulheres são a população mais vulnerável da “guerra” contra as drogas? Sabia que a proporção de mulheres presas por delitos ligados às drogas é quase o dobro que a de homens? Sabia que muitas mulheres são vítimas do comércio de drogas através do tráfico de pessoas e a exploração sexual? Sabia que a progressão que leva aos transtornos provocados pelo consumo de drogas é mais rápida para as mulheres que para os homens?

 

Mercedes Ponce de León – ExpoCannabis – Uruguai

O FICC, Festival Internacional de Cinema Canábico, será o primeiro Festival de Cinema sobre a temática canábica no Rio da Prata. Acreditamos que o audiovisual é uma ferramenta poderosa de transformação social, geradora de consciência, reflexão e comportamentos.

Realizamos uma investigação sobre o tema da proibição das drogas em geral e da cannabis em particular e estamos convencidos de que um dos maiores problemas é a falta de informação, regulação e comunicação.

Nossa intenção é oferecer informação através do cinema como disparador para debater, derrubar tabúes, normalizar a regulação desde seus aspectos medicinal, recreativo, industrial, cultural, educativo e social, sem promover o consumo.

 

Equipo: Malena Bystrowicz, Alejo Araujo, Victor Burgos y Matías Gonzalo Porley Silva

DOMINGO 8

O workshop fornece ferramentas para a otimização do cultivo de interior. Junto com os participantes se realizará a preparação de diferentes soluções de nutrientes e a medição correspondente de PH e eletrocondutividade.

A Cooperativa de trabalho CannaCoop é um projeto criado por trabalhadores da indústria da cannabis e ativistas com anos de experiência em diferentes âmbitos da lei 19.172 e suas regulações posteriores, e com ampla trajetória reconhecida a nível internacional. Fundada com o espírito de trabalho cooperativo e apadrinhada por atores que dedicaram grande parte de suas vidas à cannabis.

 

Juan Vaz – Uruguai

Workshop enfocado em explicar aos usuários o processo de criação de clubes canábicos no Uruguai. Também será apresentada oficialmente a FECCUU (federação que reúne e atende as necessidades de todos os clubes canábicos do país). Serão discutidos tanto os clubes de interior como de exterior, e comunicadas as necessidades que devem ser atendidas de forma urgente para um melhor funcionamento dos mesmos. O workshop terminará com um espaço interativo de perguntas e respostas para tirar todas as dúvidas dos clubes em processo de criação e também daqueles que já estão em funcionamento, mas desconhecem as regulamentações.

Nicolás Morales – Indajaus Grow e Federação de Clubes Cannábicos do Uruguai (FECCU). – Uruguai

Apresentaremos os resultados obtidos a partir do cultivo de cannabis com produtos Bionatura e a sinergia alcançada com o controle biológico de pragas.

Licenciado Fernando Niggemeyer e Engenheiro Agronomo Rodrigo López (Biofeedback) e Engenheiro Agronomo Joaquín Garrido (Khyma) – Uruguai

Solos saudáveis, plantas saudáveis, seres humanos saudáveis. Vamos elaborar uma mistura de carbono com microorganismos eficientes num meio anaeróbico e compartilhar seus usos e benefícios no curto, médio e longo prazo, com um baixo custo.

Faustino luque e Kenny Roncon

O FICC, Festival Internacional de Cinema Canábico, será o primeiro Festival de Cinema sobre a temática canábica no Rio da Prata. Acreditamos que o audiovisual é uma ferramenta poderosa de transformação social, geradora de consciência, reflexão e comportamentos.

Realizamos uma investigação sobre o tema da proibição das drogas em geral e da cannabis em particular e estamos convencidos de que um dos maiores problemas é a falta de informação, regulação e comunicação.

Nossa intenção é oferecer informação através do cinema como disparador para debater, derrubar tabúes, normalizar a regulação desde seus aspectos medicinal, recreativo, industrial, cultural, educativo e social, sem promover o consumo.

 

Equipo: Malena Bystrowicz, Alejo Araujo, Victor Burgos y Matías Gonzalo Porley Silva